A cada seis horas, o ciclo repete-se para milhares de indivíduos na Frente Atlântica de Almada.