Esta fotografia de Sergi Reboredo mostra uma vista panorâmica da Grande Fonte Prismática no Parque Nacional de Yellowstone ao pôr-do-Sol, nos EUA. Esta nascente quente é conhecida pelas suas cores vibrantes e variadas, causadas principalmente pela presença nas suas águas de microrganismos termofílicos (têm a capacidade de se desenvolverem em condições de calor extremo).

O facto de a fonte termal ter diferentes temperaturas ao longo do seu comprimento cria diferentes habitats para diferentes tipos de microrganismos, o que contribui para a variação de cores observada na fotografia.

As bactérias termofílicas, em particular, são conhecidas por produzirem pigmentos que vão desde os azuis e verdes aos vermelhos e amarelos, dependendo da temperatura e das condições ambientais. É a combinação destes microrganismos e dos seus pigmentos que cria o espectro de cores que torna a Grande Fonte Prismática tão visualmente impressionante.