Os ursos polares são animais preparados para o frio. A sua língua, que dorme entre dentes fortes e afiados, tem uma abundante irrigação sanguínea que os impede de congelar. O seu pêlo, oco por dentro, é também um bom exemplo de adaptação a temperaturas extremas.

Os ursos polares não são, no entanto, bons caçadores. Estes animais atacam as focas, que são escorregadias e hábeis a fugir dos ursos. Tanto assim é que alguns estudos afirmam que menos de 2% das capturas de ursos polares são bem-sucedidas.