Permitiram que se caçasse mais do que antes. Desequilibraram a balança do poder em favor dos guerreiros montados. E tornaram-se símbolos de riqueza. Para os nativos americanos contemporâneos, os cavalos ainda são uma marca da tradição, do orgulho e de cura.