"Quando é jovem e verde, os pastores utilizam-na como alimento para o gado. Quando as flores caem e as folhas secam, é utilizada para construir casas nas zonas locais", diz Shafiul Islam, o autor desta fotografia nas margens do rio Teesta, no distrito de Gaibandha, no Bangladesh.

O fotógrafo fala sobre Kaash, o nome local da planta a partir da qual foram construídos estes grandes montes amarelos. Cresce até três metros de altura em solo arenoso não cultivado no norte do país e é colhida pelos agricultores, que a transportam em barcos para a vender junto ao rio.